Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Conheça sobre Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Etiquetas de produtos perigosos e suas classificações

A classificação adotada é feita com base no tipo de risco que estes produtos apresentam e conforme as Recomendações para o Transporte de Produtos Perigosos da ONU. A mesma estabelece os critérios utilizados para a classificação destes materiais, os quais determinaram a criação de 9 classes básicas, que podem ou não ser subdivididas, conforme as características dos produtos. No caso de uma substancia apresentar mais perigo deve-se adotar a classificação mais rigorosa. Os números de classe e subclasse, segundo Araújo (2001), apresentam o seguinte significado:

Classe 1 – Explosivos

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Subclasse 1.1 Substâncias e artefatos com risco de explosão em massa;
Subclasse 1.2 Substâncias e artefatos com risco de projeção;
Subclasse 1.3 Substâncias e artefatos com risco predominante de fogo;
Subclasse 1.4 Substâncias e artefatos que não representam risco significativo;
Subclasse 1.5 Substâncias pouco sensíveis;
Subclasse 1.6 Substâncias extremamente insensíveis.

Classe 2 – Gases

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Subclasse 2.1 Gases inflamáveis;
Subclasse 2.2 Gases comprimidos não tóxicos e não inflamáveis;
Subclasse 2.3 Gases tóxicos por inalação.

Classe 3 – Líquidos inflamáveis

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Classe 4 – Sólidos inflamáveis; Substâncias auto-reagentes e explosivos sólidos insensibilizados

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Subclasse 4.1Sólidos inflamáveis;
Subclasse 4.2 Substâncias passíveis de combustão espontânea;
Subclasse 4.3 Substâncias que, em contato com a água, emitem gases inflamáveis.

Classe 5 – Substâncias Oxidantes e Peróxidos Orgânicos

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Subclasse 5.1 Substâncias Oxidantes;
Subclasse 5.2 Peróxidos Orgânicos.

Classe 6 – Substâncias Tóxicas e Substâncias Infectantes

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Subclasse 6.1 Substâncias Tóxicas;
Subclasse 6.2 Substâncias Infectantes.

Classe 7 – Substâncias Radioativas

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Classe 8 – Substâncias Corrosivas

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Classe 9 – Substâncias Perigosas Diversas

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Identificação dos Produtos Perigosos

Atualmente, os produtos perigosos listados pela ONU e, no caso do Brasil, pelo Ministério dos Transportes (MT) ultrapassam 3000 produtos que são atualizados periodicamente (ABIQUIM, 2010).
Além do número da ONU, existem também os números das classes e subclasses de risco, os quais se encontram dispostos na parte inferior dos rótulos de risco e na discriminação destes produtos nos documentos fiscais.
O rótulo de risco, placa ilustrada em formato de losango é afixado nas laterais e na traseira do veículo ou vagão. Eles possuem desenhos e números que identificam o produto. Quanto à natureza geral, a cor do fundo dos rótulos é sua mais visível fonte de identificação.

Rótulos de Risco

Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?

Um produto perigoso poderá ser identificado por qualquer uma das seguintes maneiras:

  1. Pelo número de quatro algarismos (número da ONU) existente no painel de segurança (placa laranja) afixado nas laterais, traseira e dianteira do veículo ou vagão. Consulte o número da ONU no manual da ABIQUIM para verificar qual o produto transportado. Na figura abaixo apresentamos o painel de segurança com o número da ONU 1017, ao consultar o Manual da ABIQUIM veremos que se trata do Cloro.Etiquetas de produtos perigosos: você conhece o significado de cada uma delas?
  2. Pelo nome do produto constante na Ficha de Emergência ou no documento fiscal. Consulte o manual da ABIQUIM pelo nome do produto.
  3. Caso não haja nenhuma informação específica sobre o produto, verifique o rótulo de risco (placa ilustrada com formato de losango) afixado no veículo ou vagão e consulte a tabela de rótulos de risco no manual da ABIQUIM, que lhe indicará o guia correspondente à classe do produto. Caso não possua o manual, a cor do fundo dos rótulos é sua mais visível fonte de identificação.      Saiba mais clicando aqui!

Para suas etiquetas de identificação de produtos perigosos, faça contato com o Grupo Serwir, somos especialistas no assunto.

 
 
 

WhatsApp
chamar no WhatsApp
Comercial Grupo Serwir www.gruposerwir.com.br Online
Fale com a gente pelo WhatsApp
×